Autor: José Pitta

Tamanho: 14x21 cm
Capa normal: 116 páginas
Idioma: Português 

ISBN: 9786586118148

Peso: 127 gramas 

Vale do Zambeze: histórias e lendas

R$35.00Preço
  • José Manuel Alberto Pita nasceu em 15 de outubro de 1959, no Distrito de Mopeia, na Província de Zambézia – na região centro de Moçambique. É funcionário do Ministério da Cultura e Turismo; licenciado em Ensino da Língua Portuguesa pela Universidade Pedagógica de Moçambique. Com formação profissional em Planificação e Gestão de Trabalho Cultural de Massas e instrutor de Educação Musical.

  • Os textos apresentados na obra Vale do Zambeze: histórias e lendas são a reconstrução e atualização de histórias e lendas transmitidas de geração em geração, por via oral, pelo povo moçambicano do Vale do Zambeze. Neles estão a visão que se tem da natureza e dos homens, a realidade do quotidiano, as vicissitudes com que o povo moçambicano se depara no exercício das suas atividades. Em Moçambique, as comunidades das zonas rurais têm a educação tradicional como suporte de formação, integração e desenvolvimento. Por exemplo, ao adolescente e por via da oralidade, é transmitido tudo quanto constitua a norma social, a integração nos sistemas educativos tradicionais, na moral, na resolução de problemas e em tudo o que a comunidade tem em mudar comportamentos desviados. Nestes textos não só se contam simples histórias de “gato e rato”, por detrás, na sua estrutura profunda, ocultam-se mistérios mais preciosos da vida do povo do Vale do Zambeze. A valorização e conservação da tradição oral, não só é importante como também é determinante para constituir e caracterizar a literatura de um povo, pois, é na oralidade que reside o traço específico e diferenciador de cada grupo social.

    Isto significa que a oralidade ocupou durante séculos, e continua a ocupar, um lugar de relevo na vida social da comunidade moçambicana. Pode-se considerar assim, que o seu poder coloca o homem em condições de ser homem, permitindo-lhe olhar para a frente e para trás e apreender o mecanismo do universo que o rodeia. A oralidade não só nos permite falar de tudo, mas também achar a explicação de tudo.