Autor: Bevictor de Pratyvar de Tamburiny 

Tamanho: 16x23 cm
Capa normal: 318 páginas
Idioma: Português 

ISBN: 9786586118360

Peso: 279 gramas 

Banditismo de Estado: fezes dos sistemas político e religioso

R$19.00Preço
  • Essa obra temuma grande função educativa para os políticos de “direita”combater e destruir, com firmeza, toda a política das “esquerdas”. Existe muita confusão quando se fala nos rótulos de “direita” e “esquerda” na política, dependendo do conceito de cada pessoa a respeito desse tema.A noção de “direita” e de “esquerda”não tem um conteúdo ideológico fixo e a priori. Por exemplo: o liberalismo atualmente é classificado como de “direita”, enquanto foi classificado como de “esquerda” na época de Benjamin Constant. Os termos políticos: “direita” e “esquerda” têm origem na França quando da Revolução Francesa. Os que estavam sentados à esquerda do rei desejavam mudanças políticas para beneficiar o povo. Enquanto os que estavam sentados à direita do rei queriam manter a ordem política estabelecida. Isso significa queo comunismoe o nazismo são de extrema direita por fortalecerem extremamente o Poder de Estado em prejuízo do povo. Essa obra sendo contráriaà Constituição Federativa atual do Brasil, consequentemente contrária a Organização Política do Brasil é, em realidade, socialista e de extrema esquerda. Portanto, esse livro dá total apoio às políticas revolucionárias de Jair Bolsonaro no que diz respeito à liberdade de expressão, à proteção do liberalismo econômico, à legítima defesa armada, ao pleno fortalecimento da família e a sadia espiritualidade da população. Quanto menos Estado e mais povo é em realidade política de esquerda. Quanto mais Estado e menos povo é política de direita, a exemplo do comunismo. Em uma possível Guerra Civil Sangrenta os bolsonaristas podem muito bem alegar que são os verdadeiros socialistas enquanto que as “esquerdas” brasileiras são fraudes, por serem formadas por fascistas dissimulados, fingidos, que querem estabelecer o Capitalismo Exclusivo de Estado e que assim merecem o fuzilamento.

  • Filósofo e jurista. Possui nível de doutorado em Recherches Comparatives sur le Developpement (École des Hautes Études en Sciences Sociales –EHESS –Paris–France). Possui mestrado (EHESS –Paris–France). Licenciado em Filosofia pelaUFAL –Universidade Federal de Alagoas. Bacharel em Ciências Jurídicas pelo CESMAC –Centro de Estudos Superiores de Maceió. Curso Avançado de Expressão Escrita em Linguística Francesa de Nível Superior III (Alliance Française –Paris –France). Curso de Formação Cívica Francesa e de Vida Socioeconômica na França pelo Ministério da Imigração, da Identidade Nacional e do Desenvolvimento Solidário da República Francesa. Ocupou o cargo de DAI-III Direção e Assessoramento Intermediário de Delegado no Departamento de Polícia Federalnos Serviços de Polícia Marítima, Aérea e de Fronteiras. Realizou pesquisas de campo com a população carcerária do Recife em Pernambuco para a sua tese de mestrado em Paris na França. Atualmente é policial federal aposentado.